A crise do gestor moderno e suas causas.

“Folclore: gestores mantém o controle estrito – do seu tempo, das suas atividades e do seu departamento.” Henry Mintzberg, 2009 “Confrontado com objetivos conflitantes, mercados dinâmicos e imprevisíveis, gestores enfrentam organizações e cadeias de suprimentos constantemente vigiadas pela mídia e por um número crescente de grupos de interesse. Paradoxalmente, o aumento da transparência organizacional externa … Saiba Mais

Mais gestão, menos gestores!

“Nós não teremos sucesso na reforma de nossas organizações simplesmente através do trabalho duro.” Stafford Beer, 1975 “Na busca por melhores resultados continuamos míopes trabalhando duro para otimizar a estrutura organizacional, descrever uma hierarquia e processos perfeitos e preenchê-los com os melhores títulos do mercado. Contudo, colher rapidez, flexibilidade e otimização exige novas sementes, formas … Saiba Mais

A origem da esquizofrenia organizacional

Crises de ansiedade, pânico, síndrome de burnout, estresse e os problemas psicossomáticos relacionados fazem parte do dia a dia de gestores em qualquer organização. De todos os lados surgem vozes exigindo lucro, responsabilidade social, ambiental, política e assim por diante. Desamparada, na tentativa de combater estes sintomas de uma sociedade que hoje confronta uma série … Saiba Mais

Redefinindo a Administração e o Administrador

Há alguns posts venho expondo pontos de vista derivados de uma visão construtivista da organização, embasados sobretudo na teoria de sistemas sociais. Por exemplo, aqui discuti por que sistemas sociais (e organizações) não são causais e como, apesar disso, nos iludimos com a capacidade de controle. Mas desta mudança de paradigma uma questão bastante básica … Saiba Mais

A natureza da colaboração entre organizações

Você já se perguntou o que efetivamente caracteriza o trabalho de sucesso entre sua empresa e um parceiro? Pois é, se fugirmos dos critérios puramente econômicos, esta pergunta torna-se difícil de ser respondida. Constantes mudanças tecnlológicas e pressões do mercado, todavia, nos forçam a buscar sinergias, unindo forças com outras organizações, sejam elas universidades, empresas, … Saiba Mais

Ética: “No beco e sem saída”

“É possível fazer dinheiro sem fazer o mal.” Sexto ponto da filosofia Google “Recentemente a Zara, empresa de moda pertencente a um grupo espanhol, foi acusada de possuir fornecedores que se utilizam de condições de trabalho escravo no Brasil. Essa não é a primeira, nem a única, notícia do gênero. Por décadas ouve-se falar que … Saiba Mais

A ‘falta de valores’ da sociedade atual e suas oportunidades

Muito se fala sobre a atual ‘falta de valores’ da sociedade e suas conseqüências. Alguns chegam a construir teorias, outros a protestar por uma sociedade ‘com mais valores’. Questionam-se investidores inescrupulosos, cujos produtos desmoronam economias de uma vida inteira de aposentados ingênuos. Alega-se que a própria vida não tem mais valor e que esta é … Saiba Mais

O paradoxo da decisão

No post de 29 de outubro apresentei a organização como sistema social (Niklas Luhmann). Nesta visão, uma organização é um nexo de decisões que se (re-)produz mantendo a diferença entre o que é e o que não é organização. Mas, o que são decisões? Pois, se organizações são nexos de decisões, decisões devem, obrigatoriamente, reproduzir … Saiba Mais

Mas, afinal, o que são organizações?

Você que administra ou pretende administrar, já refletiu sobre isso? Fritz B. Simon chama atenção em seu livro de introdução à teoria sistêmica da organização quando alega que o tema “organizações” é tão freqüente na administração quanto o tema “hospitais” é no estudo da medicina. E, em um segundo momento, é impressionante perceber como Simon tem razão. … Saiba Mais