Inside Job: Quando será a nova crise?

Depois da explosão da última bolha econômica foram muitos os dedos apontados na busca de culpados. Às pressas grandes economias anunciaram planos de proteção através de um maior grau de regulamentação governamental. Mas afinal, existem ações concretas sendo tomadas para que uma próxima crise não aconteça? Ou, pelo menos, para que a próxima crise seja menos devastadora e não ocorra pelos mesmos motivos?

A principal causa da bolha foi o desacoplamento do valor de papéis negociados em um mercado completamente desregulado do valor da produção econômica real, sobretudo nos Estados Unidos. Este desacoplamento teve diversas causas, sendo que as mais importantes são:

  1. O próprio modelo econômico capitalista: a busca incessante pelo lucro impulsiona a criatividade ilusória e destrutiva, no caso da crise realmente destrutiva, levando economistas a criarem papéis e seguros que não estão mais atrelados à produção real de valor. Isso funciona no curto prazo, enquanto a massa não percebe que aquilo que tem na mão nada mais vale. Nós brasileiros conhecemos bem esta situação ao nos recordamos dos tempos pré-URV. Para se ter uma idéia, segundo o Le Monde, em 2007 os lucros de produtos financeiros foram cerca de 25 vezes maiores do que os lucros gerados com a produção real de valor através de produtos e serviços. É o retrato de uma criação ilusória de valor que culminou com a bolha que experenciamos.
  2. O conflito de interesses entre economistas e políticas econômicas: a grande maioria dos chefes de estado se ampara em teorias econômicas recentes e no conselho de professores renomados de escolas de ponta. Estes arrecadam milhões de dólares por ano com suas consultorias, que, claro, são investidos acertadamente com conhecimento prévio de políticas futuras. Regulamentação entra em conflito com seus próprios interesses, na medida que reduz o potencial de ganho à produção real de valor.

A dúvida que fica é se estas duas causas estão sendo tratadas para que novas bolhas não surjam. Não é o que nos sugere o documentário Inside Job, cujo trailer segue abaixo.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=FzrBurlJUNk?rel=0]

Este premiado filme, além de abordar as causas e os efeitos da crise, retrata com bastantes detalhes o que tem sido feito: nada. Vale a pena assistí-lo.

Deixe um comentário